COMPARTILHAR

Fonte: Tecmundo

Segundo o relatório de transparência mantido pela companhia, foram mais de 655 mil solicitações feitas por cidadãos europeus desde 29 de maio de 2014, com tudo isso se traduzindo na solicitação de remoção de mais de 2,4 milhões de URLs. Ao todo, porém, apenas 43,3% dos links foram retirados dos resultados de busca, com 56,7% deles ainda permanecendo lá.

Leia a matéria completa clicando aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe o seu comentário
Por favor, insira o seu nome