COMPARTILHAR

Fonte: Canaltech

Após o escândalo envolvendo o vazamento de informações de mais de 50 milhões de usuários do Facebook, a rede social de Mark Zuckerberg vem respondendo a processos e quedas no valor de suas ações que, atualmente, chegam a 14%, segundo relatórios. O caso também está sendo investigado pelas autoridades, e, como se tudo isso não bastasse, Tim Cook, o presidente executivo da Apple, pediu por regulamentações de privacidade mais rígidas.

A ideia é que sejam criadas regulamentações mais elaboradas, que evitem que as informações dos internautas sejam compiladas e aplicadas de variadas formas sem seu consentimento. O pedido do CEO da empresa da maçã foi feito em uma sessão sobre desigualdade global no Fórum Anual de Desenvolvimento da China, em Pequim, no último sábado (24).

Leia a matéria completa clicando aqui.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe o seu comentário
Por favor, insira o seu nome