COMPARTILHAR

Fonte: Exame

Bruxelas – O presidente-executivo do Facebook, Mark Zuckerberg, vai comparecer perante membros do Parlamento Europeu para responder perguntas sobre o uso indevido de dados de usuários por uma consultoria política, disse o presidente do Parlamento nesta quarta-feira.

A maior rede social do mundo passa por escrutínio em relação à forma como lida com dados pessoais após revelações de que a consultoria britânica Cambridge Analytica, que trabalhou para a campanha de Donald Trump à presidência dos Estados Unidos em 2016, acessou indevidamente os dados de 87 milhões de usurários.

“O fundador e presidente-executivo do Facebook aceitou nosso convite e estará em Bruxelas assim que possível, talvez já na próxima semana”, disse Antonio Tajani, presidente do Parlamento Europeu, em um comunicado. Zuckerberg vai se reunir com líderes partidários e membros do comitê de liberdades civis.

Clique aqui e leia a matéria completa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe o seu comentário
Por favor, insira o seu nome