COMPARTILHAR

Fonte: Telesintese

Em carta a Eliseu Padilha, da Casa Civil, Assespro pede criação de uma ANPD autônoma e que disponha de um órgão consultivo composto por representantes da sociedade civil.

A Federação das Associações das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação (Assespro) enviou na última sexta-feira, 19, carta ao ministro da Casa Civil Eliseu Padilha. No documento, cobrou a criação urgente de uma Autoridade Nacional de Proteção de Dados.

A criação do órgão, que seria encarregado de fiscalizar a obediência à Lei de Proteção de Dados Pessoais, sancionada em agosto, terminou vetada pelo presidente Michel Temer.

Clique aqui e leia a matéria completa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe o seu comentário
Por favor, insira o seu nome