COMPARTILHAR

Fonte: Folha 

Agência regulatória permitirá que empresas usem redes sociais para determinar preços das apólices

NOVA YORK A principal agência regulatória dos serviços financeiros no estado de Nova York vai permitir que empresas de seguros de vida usem dados de mídias sociais e outras fontes não tradicionais a fim de determinar os preços de suas apólices, ainda que as seguradoras tenham de provar que a informação não constitui discriminação injusta contra clientes.

Nova York é o primeiro estado a estabelecer normas específicas determinando como as empresas de seguro de vida podem usar algoritmos para vasculhar toda sorte de registro, de escrituras de imóveis a históricos de crédito, passando pelo uso da internet, para avaliar o grau de risco do cliente.

Ao menos uma dúzia de seguradoras está recorrendo a esses programas automatizados a fim de acelerar o processo de compra de apólices, facilitar a emissão online de apólices de seguro, e buscar estimular os negócios estagnados nesse segmento do mercado de seguros.

Clique aqui e leia a matéria completa. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe o seu comentário
Por favor, insira o seu nome