COMPARTILHAR

Fonte: G1

PF diz que há suspeita de que servidores públicos tiraram vantagens financeiras no repasse das informações sigilosas. Devem ser cumpridos 7 mandados de prisão temporária e 9 mandados de busca e apreensão.

A Polícia Federal deflagrou nesta terça (11) a Operação Data Leak, que apura os crimes de vazamento e receptação ilícita de dados sigilosos em Mato Grosso.

Devem ser cumpridos 7 mandados de prisão temporária e 9 mandados de busca e apreensão nas capitais de Mato Grosso, Paraná, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Espírito Santo. Os mandados foram decretados pela 5ª Vara Federal de Cuiabá.

De acordo com a assessoria da Polícia Federal, além do vazamento de dados, a operação apura crimes de corrupção e violação de sigilo funcional praticados por servidores públicos federais.

Clique aqui e leia o artigo completo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe o seu comentário
Por favor, insira o seu nome