COMPARTILHAR

O contrato do Tribunal de Justiça Paulista com a Microsoft para o fornecimento de infraestrutura e sistemas de tecnologia foi suspenso pelo Conselho Nacional de Justiça com base na segurança e interesses nacionais.

Segundo o Conselheiro Relator, a possibilidade de acesso de empresa estrangeira aos dados judiciais da sociedade Brasileira “pode vir a colocar em risco a segurança e os interesses nacionais do Brasil, num momento em que há graves disputas internacionais justamente acerca dessa matéria”

Clique aqui e confira a decisão. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe o seu comentário
Por favor, insira o seu nome