COMPARTILHAR

Fonte: Folha de S. Paulo

Presidente vai permitir que dados sejam utilizados por bancos e empresas para fazer marketing direcionado

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) vetou trecho que proibia o compartilhamento de dados de beneficiários do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) da medida provisória que faz um pente-fino no órgão. Na prática, Bolsonaro permitirá que esses dados sejam utilizados por bancos e empresas para fazer um marketing direcionado a esse público.

O presidente sancionou com cinco vetos a MP convertida em lei durante cerimônia no Palácio do Planalto nesta terça-feira (18). Segundo Bolsonaro, dois terços dos benefícios têm fraude. “No BPC (benefício para idoso carente) tem fraude, no Bolsa Família tem fraude. Lamentavelmente é um país que se acostumou com a fraude”, afirmou.

Clique aqui e leia a matéria completa. 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Deixe o seu comentário
Por favor, insira o seu nome